Técnicas de Laserterapia

A Laserterapia é um dos procedimentos liberados para os biomédicos estetas. Consiste na utilização de dispositivos que emitem a radiação electromagnética (REM) de forma estimulada, onde a dosimetria é fundamental para se estabelecer um protocolo seguro e eficaz.

O Biomédico Esteta tem perfeitas condições de utilizar os procedimentos à laser, uma vez fazerem parte de sua formação sem qualquer risco ao paciente.

Os equipamentos utilizados não são de uso exclusivo para aplicação médica; ao contrário, têm aplicações nas mais diversas áreas da saúde, com grande apelo na estética.

Afirmamos isto com supedâneo no Manual para Regularização de Equipamentos Médicos na ANVISA, expedido pela Gerência de Tecnologia em Equipamentos Médicos – GQUIP[1].

Complementa referido MANUAL a Resolução ANVISA RDC 185, de 22/10/2001[2], de onde tiramos as definições de EQUIPAMENTOS MÉDICOS:

“Os equipamentos médicos sob regime de Vigilância Sanitária compreendem todos os equipamentos de uso em saúde com finalidade medica, odontológica, laboratorial ou fisioterápica, utilizados direta ou indiretamente para diagnostico, terapia, reabilitação ou monitorização de seres humanos e, ainda, os com finalidade de embelezamento e estética. Os equipamentos médicos estão inseridos na categoria de produtos para a saúde, outrora denominados de correlatos, em conjunto com os materiais de uso em saúde e os produtos de diagnostico de uso in vitro. Estes últimos não serão abordados neste Manual. Os equipamentos médicos são compostos, na sua grande maioria, pelos produtos médicos ativos, implantáveis ou não implantáveis. No entanto, também podem existir equipamentos médicos não ativos, como por exemplo, as cadeiras de rodas, macas, camas hospitalares, mesas cirúrgicas, cadeiras para exame, dentre outros.” 

Desta forma os equipamentos utilizados na estética, embora comumente denominados como equipamentos médicos, não são de exclusividade médica em sua utilização.

Exemplo claro disto fica com as cadeiras de rodas, macas etc., de notório uso comum e dispensados de qualquer especialidade ou conhecimento técnico prévio.

Segundo Catorze (2009) a palavra laser advém do inglês Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation. Os lasers mais comuns são os do tipo gasoso (atômicos, iônicos, moleculares), a exemplo do CO2 amplamente utilizado em cirurgias e no rejuvenescimento cutâneo, do árgon, do vapor de cobre, do hélio-néon (HeNe).

Entretanto existem ainda os lasers: líquido (Laser Corante); sólido que podem ser isolantes dopados (Nd:Yag); semicondutores (díodo); e o de elétrons livres (laser de excímeros).

Em diversos trabalhos conclui-se que o uso de lasers para a promoção do rejuvenescimento facial é uma excelente alternativa de tratamento estético, pelo fato de não ser um procedimento invasivo e de seus efeitos terapêuticos serem mais duradouros do que os apresentados por outras técnicas utilizadas para a mesma finalidade.

[1] Disponível em:  http://portal.anvisa.gov.br/documents/33912/264673/Manual+para+regularização+de+equipamentos+médicos+na+Anvisa/ad655639-303e-471d-ac47-a3cf36ef23f9 , acesso aos 18/10/2017.

[2] Disponível em  – http://www.anvisa.gov.br/anvisalegis/resol/2001/185_01rdc.htm, acesso aos 18/10/2017.

Veja abaixo algumas aplicações da Laserterapia na estética:

Remoção de Pelos

  • Diodo: É utilizado para epilação progressiva permanente. Utiliza a emissão de raios laser para queimar os pelos até o bulbo. O procedimento de Depilação a Laser elimina progressivamente os pêlos da região tratada, isso significa que os pêlos atingidos pelo laser não mais voltarão a surgir. Todo esse procedimento é feito sem causar danos à saúde.

O número de sessões para o procedimento é determinado durante uma avaliação realizada por profissional altamente capacitado e varia entre 04 a 06 sessões, dependendo muito do tipo de pêlo e da região a ser tratada. Uma única sessão não é suficiente nem mesmo para os pêlos mais finos, já que os mesmos são destruídos durante a fase de crescimento e nem sempre os pêlos de determinada região estão na mesma fase de crescimento.

Para obter um resultado mais duradouro, é necessário que se faça uma manutenção periódica na região já tratada.

Remoção de Tatuagens

  • Q-Switch: É o procedimento estético mais seguro e eficiente na remoção de tatuagens. É feito com laser e a biotecnologia é seletiva, ou seja, atinge somente o pigmento da tatuagem, não prejudicando a pele ao redor. Indicado para pessoas que possuam tatuagem, com exceção das mulheres grávidas e pessoas que apresentem problemas cardíacos.

O Laser fornece a energia com pulsos muito rápidos (18 nanosegundos) e alta energia. O impacto do pulso provoca uma onda de choque, o efeito foto-mecânico, causando uma fragmentação do pigmento em microparticulas que serão ao longo de algumas semanas eliminadas pelo sistema linfático através dos glóbulos brancos (fagocitose).

O número de sessões dependerá de vários fatores: tamanho, localização, profundidade, tempo, cores da tatuagem, qualidade da tinta e da resposta do organismo de cada paciente, variando de 06 a 12 sessões. Tais sessões devem ser realizadas com intervalos de 60 dias para permitir que o organismo remova a quantidade máxima dos pigmentos que foram fragmentados. Tatuagens grandes ou muito pigmentadas podem requerer vários tratamentos para obtenção de excelente resultado.

As sessões duram geralmente de 10 a 20 minutos, podendo durar mais, dependendo do tamanho da tatuagem. A maioria dos pacientes observará melhora no processo de remoção já na primeira sessão.

Logo após a aplicação ocorre uma alteração da pele com aspecto de congelamento gerando uma pequena crosta que leva em media de 07 a 10 dias para se desfazer. Neste período é indicado o uso de uma pomada antiinflamatória. A pele adquire então um aspecto natural e observa-se um clareamento do pigmento após um período de 40 dias. Este intervalo também é importante para que o processo de fagocitose possa agir de forma eficiente. Portanto trata-se de um processo gradual para conseguir uma remoção total ou significativa da tatuagem.

Ocasionalmente, pode ocorrer hipocromia (um branqueamento da pele). Mas a tonalidade normal da pele pode retornar num período de 06 a 12 meses após a última sessão de tratamento. Como a tinta utilizada na tatuagem não é padronizada, alguns pacientes podem apresentar clareamento parcial, mesmo após várias sessões de laser.

O Laser é considerado o tratamento mais seguro e eficaz na remoção de Tatuagens.

Se o paciente seguir rigorosamente as orientações dadas após a aplicação, o resultado será de uma pele íntegra sem marcas ou manchas.

FOTOTERAPIA

É utilizada no tratamento e cura de diversas patologias, como a psoríase e a icterícia. A fototerapia consiste em uma série de tratamentos à base de processos fotoquímicos que não queimam ou provocam danos à superfície da pele. Na fototerapia utiliza-se uma Luz Emitida por Diodo (LED) que estimula ou mesmo inibe determinadas atividades das células favorecendo o rejuvenescimento.

FOTOREJUVENESCIMENTO

É um procedimento biotecnológico, não invasivo e não cirúrgico onde são utilizados equipamentos para rejuvenescimento nas regiões do rosto, pescoço, colo, mãos e todo o corpo, eliminando disfunções estéticas existentes e cuidando da saúde de sua pele. Indicado para homens e mulheres de todas as idades, de pele branca ou negra.

São adotadas as mais conceituadas e diversas tecnologias biotecnológicas: Laser CO2 fracionado, Luz Intensa Pulsada (LIP ou IPL) e Nd Yag, através dos equipamentos reconhecidos pela ANVISA.

O rejuvenescimento a Laser pelo método fracionado é mais agressivo e seu resultado é melhor para casos com indicação de peelings profundos, pois penetra até a segunda camada da pele, promovendo um rejuvenescimento mais rápido (cicatrizes de acne, rugas profundas, estrias brancas e vermelhas, cicatrizes em geral).

Para cada pessoa é traçada uma estratégia de procedimento especial e personalizada. O mais importante é a indicação correta, seguindo os intervalos de cada tipo de procedimento. Em geral, o procedimento de rejuvenescimento a Laser requer um curto tempo de recuperação e os resultados são rapidamente perceptíveis logo nos primeiros dias após a primeira sessão.

Indicações: Acne, Aspereza, Cicatrizes de Acne, Estrias, Flacidez, Hiperpigmentações, Manchas de pele, Manchas de acne, Manchas solares (melanoses), Manchas Senis, Melasma, Olheiras, Poiquilodermia, Poros Dilatados, Rosácea, Rugas e Linhas de Expressão, Sardas, Vasinhos Faciais (telangiectasias), Vermelhidão.

0